“Make It Possible!” – ‘(Des) Igualdade entre Géneros’

     

O objetivo do milénio que escolhemos trabalhar em grupo, no âmbito do projeto Make It Possible deste ano, foi a igualdade entre géneros. Foi o tema que nos interessou mais e achámos pertinente desenvolvê-lo, porque éramos um grupo só de raparigas.

Decidimos focar-nos nas divergências existentes entre os sexos, sobretudo a nível profissional (recebendo a mulher um salário inferior ao homem, desempenhando as mesmas funções), nos preconceitos associados ao sexo feminino (a ideia de que fazer algo “como uma rapariga” é pejorativo ou sinal de fraqueza), e no feminismo, pois, hoje em dia, o feminismo adquiriu uma conotação muito negativa, que está totalmente errada. SER-SE FEMINISTA NÃO SIGNIFICA ODIAR O SEXO MASCULINO, mas que se reivindica direitos iguais para ambos os sexos.

Com a ajuda dos nossos fantásticos voluntários do AIESEC (Bo Dualn, que veio da China, Yulia Asimova, que veio da Rússia, e Megan Krishnamurthy, que veio dos Estados Unidos), organizámos ideias para fazer um vídeo (o objetivo do trabalho) e pensámos fazer uma campanha de sensibilização para, de certa forma, alterar a mentalidade dos alunos em relação ao feminismo, afixando cartazes. Chegámos mesmo a fazer cartazes com várias ideias criativas, mas nunca os conseguimos afixar na Escola, por falta de espaço disponível e de tempo. 

Catarina Mina ,Teresa Garcia, Vera Rodrigues, Madalena Duarte Silva – 11ºI